O que você precisa saber sobre a migração de dados?

A migração de dados envolve justamente a movimentação ou transferência de informações e pode ocorrer de várias maneiras. Trata-se de um processo muito importante e que exige uma equipe capacitada.

Sabemos que pode acontecer de uma clínica ou consultório, assim como qualquer organização, realizar a troca do sistema que utiliza para um outro que atenda melhor às suas necessidades.

Nesse contexto, é natural que a empresa não queira perder os dados importantes que foram alimentados nesta plataforma ao longo do tempo e precise realizar a migração dos dados.

Entre os vários fatores que influenciam na decisão de mudança de sistema, está:

  • Obsolescência do sistema;
  • Falta de atualizações e novidades;
  • Dificuldade no manuseio;
  • Erros e falhas com frequência;
  • Dificulta o fluxo de trabalho mais do que ajuda.

Através da migração você conseguirá manter a integridade de todos os dados da clínica ou consultório e informações médicas do paciente. Dessa forma, seu negócio não será afetado pela perda dos dados e isso beneficiará o seu atendimento próximo ao paciente, pois seu histórico ficará intacto.

Descubra a seguir algumas dicas de como se preparar para o processo de migração dos dados!

Como me preparar para o processo de migração dos dados?

1. Escolha um sistema médico que ofereça suporte e equipe capacitada

Ao avaliar novos sistemas busque informações sobre como é o processo de migração e se já possuem familiaridade com o software que utiliza atualmente. Verifique quais os dados são possíveis de serem migrados e quanto tempo dura até a transferência estiver completa.

Também é importante saber se a organização conta com uma equipe preparada para fornecer o suporte necessário durante toda essa mudança, para tirar dúvidas e solucionar algum problema que possa vir a existir.

2. Realize um planejamento prévio na hora de contratar um novo software

Antes de pensar na troca do sistema, realize um planejamento prévio contando com o tempo que a migração de dados pode tomar até que de fato tudo esteja pronto para você iniciar o trabalho na nova plataforma e isso não afetar o bom funcionamento do seu negócio.

Além disso, é bom separar um orçamento para custos referentes a este processo.

3. Esteja comprometido com a mudança

Você e o seu time precisam estar engajados com a mudança, participem, tirem dúvidas e estejam disponíveis para fornecer as informações necessárias para o seu novo provedor. migração de dados migração de dad

Caso queiram já se antecipar, verifiquem com o sistema atual a forma que eles podem entregar seus dados e comunique ao seu novo parceiro, pois a forma de transferência, assim como o tipo de informação, pode fazer diferença no custo do serviço.

Quer saber mais sobre como funciona a migração de dados? Fale agora com um consultor e tire as suas dúvidas!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *