Blog

Novo código de ética médica entra em vigor; Saiba mais

Em 2019, começou a valer o novo Código de Ética Médica, que vinha sendo debatido desde 2016. Algumas mudanças são notadas em relação à versão anterior. No novo texto, são listados 26 princípios que norteiam a atividade do profissional da medicina, dentre as quais se destacam o respeito à autonomia do paciente e a preservação do sigilo profissional. 

O novo Código desobriga o médico a trabalhar em locais cujas condições sejam desfavoráveis; o profissional também pode deixar de atender se o contexto do atendimento ferir sua consciência, desde que não se trate de uma emergência e haja outros médicos para realizar a tarefa.  Outro incremento é a aplicação de medidas paliativas com pacientes de condição irreversível e terminal. 

Além disso, os pacientes mais vulneráveis podem ter seus direitos resguardados para fins de estudo, desde que haja consentimento. O documento também prevê vedação em manter vínculo com pesquisas médicas em seres humanos que usem placebo de maneira isolada em experimentos, quando houver método profilático ou terapêutico eficaz. 

Por fim, o Código protege o médico com deficiência ou doença crônica, garantindo sua atuação dentro dos limites de sua capacidade. 

Essas são apenas algumas mudanças. Acesse o novo código aqui.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *